Codese traz à Sudeco proposta de parceria para ampliar cooperação na RIDE

Codese traz à Sudeco proposta de parceria para ampliar cooperação na RIDE

Por Assessoria de Comunicação

Publicação: Ter, 07 Nov 2017 11:02:00 -0300

Última modificação: Qua, 08 Nov 2017 13:55:58 -0300

Uma cooperação institucional para a identificação de oportunidades para uma melhor integração da RIDE (Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno)  foi iniciada nesta segunda-feira  6, entre a Sudeco (Superintendência de Desenvolvimento  do Centro-Oeste) e o Codese  ( Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico do Distrito Federal (Codese -DF).

 

A proposição de uma parceria dinâmica com a entidade empresarial foi trazida à Sudeco pelo presidente do Codese, empresário Paulo Muniz, sob a égide de uma apreciação feita nas reuniões e diagnósticos junto aos prefeitos dos municípios da RIDE.

 

- "O Codese é um exercício voluntário para uma gestão compartilhada em Brasília, e para tanto vem oferecer à Sudeco uma parceria de atuação conjunta para pensarmos juntos no problema mais sério que aflige a RIDE, a falta de planejamento de suas prefeituras municipais" - definiu.

 

O superintendente Antônio Carlos Nantes de Oliveira concordou com as ideias da diretoria do Codese e irá marcar novas reuniões de consultas.

 

Antônio Carlos esteve na reunião acompanhado do diretor Roberto Postiglione, da Diretoria de Planejamento e Avaliação, e do coordenador-geral de Articulação, Planos e Projetos Especiais, Sergio Magno Carvalho de Souza.

 

Paulo Muniz é ainda, presidente da ADEMI/DF. Esteve acompanhado na reunião pelo diretor Ennius Muniz. No Codese há uma câmara técnica com o apelido de "Regiões Metropolitanas do Eixo Brasília Goiânia e RIDE", acompanharam ainda os assessores Eustáquio Costa e Paulo Cotta. 

 

O QUE É O CODESE 

 

É uma expressão da sociedade civil organizada que se une para discutir e propor ideias estratégicas em desenvolvimento sustentável da Capital Federal e Entorno. 

 

Foi lançado oficialmente em 30 de março deste ano, com a assinatura de sua ata de fundação como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, por representantes de mais de 50 entidades apartidárias e sem fins lucrativos. No dia 23 de maio foi oficialmente registrado em cartório.

 

Suas ações são desenvolvidas em 17 câmaras temáticas atuando permanentemente.

Nesta terça-feira,7, o Codese estará entregando ao governador Rodrigo Rollemberg receberá uma lista de propostas para melhorar a vida dos brasilienses. 

 

Segundo seu presidente, Paulo Muniz, o Codese veio para gerar uma mudança de paradigma, e superar de vez essa insidiosa falta de cidadania, que é também um aspecto da carência de democracia participativa. As classes produtoras, criadores de riqueza e de empregos, devem assumir de vez e por inteiro suas responsabilidades cívicas.

 

- " Em vez de protestar, propor. Em vez de aceitar passivamente, agir. Em vez ser objeto da história, ser sujeito. É preciso refletir sobre o que é bom para nossa cidade; com base nessa reflexão, elaborar projetos sólidos; com base nisso, lutar para que eles sejam realizados de modo competente e honesto" - explicou Muniz.

 

Paulo Muniz, presidente do Codese é presidente da ADEMI/DF. Há no Codese uma câmara técnica com o apelido de "Regiões  Metropolitanas do Eixo Brasília Goiânia e RIDE". Essa câmara é dirigida pelo presidente do SINDUSCON DF, Luís Carlos Botelho Ferreira.

 

Em 2018, antes das eleições, todos os candidatos receberão as indicações do que a sociedade de Brasília espera de sua administração. Se concordarem, assinarão termo de compromisso lavrado em cartório.