Financiamentos do FCO em Mato Grosso do Sul atingem recorde de 70% dos recursos para 2017

Financiamentos do FCO em Mato Grosso do Sul atingem recorde de 70% dos recursos para 2017

Por Assessoria de Comunicação

Publicação: Ter, 14 Nov 2017 12:47:00 -0300

Última modificação: Qui, 16 Nov 2017 09:48:30 -0300

Setor rural desponta como o maior contratante de recursos do FCO

Crédito: Anny Ruckchloss

Foram contratados R$ 1,66 bilhão do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) em Mato Grosso do Sul, na soma de projetos dos setores empresarial e rural, o que equivale a 70% dos R$ 2,3 bilhões disponíveis para o estado em 2017. 

Desse total, R$ 1,5 bilhão já foi efetivamente contratado e outros R$ 128,3 milhões estão em fase final de contratação com o Banco do Brasil.

Os dados foram divulgados na 10ª reunião do Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis pelo FCO (Ceif-FCO), realizada na Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), na capital do estado, Campo Grande.
 
 FCO“Estamos com um desempenho recorde no volume de contratações do FCO, fruto do empenho do governo do estado para garantir a utilização integral dos recursos do Fundo”, afirmou o secretário da Semagro, Jaime Verruck, que preside o CEIF-FCO.

De acordo com ele, o setor rural desponta como o maior contratante em razão das demandas do agronegócio. “Estamos com um desempenho histórico no setor empresarial, com destaque para o comércio, que agora tem um teto maior e mais facilidades nos empréstimos de capital de giro, principalmente”, destacou.


Do total já contratado, o setor rural é responsável por R$ 1,02 bilhão, com mais R$ 81,85 milhões em fase final de contratação. Já no setor empresarial, são R$ 508,7 milhões efetivamente contratados e outros R$ 48,4 milhões aguardando no banco para contratação. Outros R$ 834 milhões já foram internalizados na instituição financeira - estão em análise, com projeto em elaboração ou aguardam carta-consulta.

Ainda na reunião do CEIF-FCO, foram aprovados R$ 44 milhões em projetos do Fundo, sendo R$ 13 milhões para o setor empresarial e R$ 31 milhões para o rural. Também foi analisada e aprovada, no âmbito do Conselho Estadual, a Minuta de Deliberação que aprova e ratifica diretrizes, prioridades, critérios e procedimentos definidos pelo Conselho Deliberativo do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Condel/Sudeco) para a concessão de financiamentos do Fundo Constitucional  no ano de 2017.